Ratos de Porão

Herança

Ratos de Porão
Ratos de Porão 14 visitas
Composição: João Gordo

Extremamente frio, ele não se arrependeu
Matou sua família como fossem animais
O remorso em sua mente um vai corroer
Será que minha herança ainda vou receber?
O ódio que ele tinha em sua mente doentia
Explodiu um dia em sua casa numa briga com a mãe
Na madruga escura e tenebrosamente fria
Banhou-se numa cena de horror.
Metamorfosiado
Numa fera sanguinária
A loucura o possuiu
Sua vista escureceu.
Ele deu dois tiros na cabeça de seu pai
Matou sua mãe com uma faca de cozinha
Sua irmã menor simplesmente estrangulou
O irmão mais velho ele decapitou.
Morte no ar
Morte no ar
Morte no ar
Morte no ar.

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube