Planet Hemp

Paga Pau

Planet Hemp
Planet Hemp 15 visitas
Composição: Marcelo Lobato / D2

Chegou a hora, ele botou a camisa do time preferido,
mas na verdade a camisa é o uniforme de um assassino.
Toda marcada surrada, manchada de sangue.
Você confundiu, isso é torcida, não é gangue.
Se você mantém o respeito, eu respeito e muito obrigado.
Mas se você não merece, muito cuidado.
Porque se na tua cabeça isso é um istinto animal,
na da grande maioria, não passa de um paga-pau.
Uma vez só é pouco. Esse daqui, paga-pau, eu fiz pra te alertar.
Porque do jeito que vai você vai se arrasar.
Eu grito u-tererê pro time do coração.
Pobre que mate pobre, pra mim é vacilão.
Se atraca com macho, deixa a fêmea de lado.
Dá o suor pro patrão e ainda é esculachado.
Se a finalidade é brigar, escolha o inimigo certo.
Seja esperto, deixa de leva e traz.
Viva ou descanse em paz.
Leva e traz , meu irmão só te faz brigar.
Presta atenção e viaja aqui na minha rima.
Cê fez gol, pow! Mas esse gol foi contra,
na realidade cê deu foi soco em faca de ponta,
classe A!
Estão na tua cola, vacilou, vacilou, e agora não tem caô
O cão tá pra trás.
Fica esperto, cumpadi, se liga no que faz.
Se você não sabe o pente tá cheio.
Escureceu, já era, cortaram a vida no meio.
Você não pensa e não sabe nem o que fala.
Arregaça um hoje a amanhã vai pra vala.
Pra mim covarde é covarde, e nunca vai ser homem.
Faça um favor pra mim, não mate em meu nome.
Que sangue bom não tem parada errada.
Vacilou e agora tua cova tá cavada.
Se tu sangra igual aos outros, fique com pé atrás.
Viva ou descanse em paz.
Segura a onda, sangue bom, sangue bom,
pagua pau, pagua pau, sossegado, na moral rapaz
Viva ou descanse em paz.

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube