Mc Daleste

Biografia - Mc Daleste

Mc Daleste
Mc Daleste 73.900 visitas

Daniel Pedreira Senna Pellegrine, mais conhecido como MC Daleste (Penha, Brasil 30 de outubro de 1992 - Paulínia, Brasil 7 de julho de 2013) foi um cantor e compositor brasileiro do gênero popularmente conhecido como Funk Paulista . Foi assassinado durante um show em 6 de julho de 2013 em São Paulo.

Daniel começou no funk na Zona Leste de São Paulo daí o apelido "Da" (Da zona) "Leste" (Leste). Fez sucesso com as canções "Todas as Quebradas", "Mais Amor, Menos Recalque", "Mãe de Traficante", "Ostentação Fora do Normal", "Nunca Vendeu Maconha", "Voz Estranha", "Água na Boca", "O Gigante Acordou","Angra do reis", "Deusa da Ostentação", "São Paulo" e "Ipanema" a qual o fez ser reconhecido por quase todo o Brasil.

Daleste era um dois principais representante do funk ostentação, que mistura a batida do funk carioca com letras sobre bens materiais. Em vez de ousadias sexuais, os temas são artigos de preços altos: carros, motos, óculos, roupas e bebidas. Algumas vezes, suas composições beiraram a apologia ao crime, onde ele cita: "Matar os policia é a nossa meta, fala pra noís quem é o poder, mente criminosa coração bandido…"

O funkeiro MC Daleste, morreu na noite do dia 6 de julho de 2013 no Hospital Municipal de Paulínia, para onde foi levado depois de levar um tiro na barriga durante uma apresentação. Ele chegou a ser entubado e encaminhado para o centro cirúrgico, mas não resistiu e morreu no início da madrugada de domingo, informou a assessoria do hospital.

Ele estava iniciando a apresentação que faria em uma quermesse do CDHU San Martin, conjunto habitacional localizado no bairro São Marcos, em Campinas.

O cantor, conversava com público quando levou o tiro. Uma pessoa que estava no local filmando o evento registrou o momento em que o jovem foi baleado. Ele chegou a ser levado para o centro cirúrgico, mas morreu à 0h55. 11 O caso será apresentado no 4º Distrito Policial da cidade.

A festa era gratuita e segundo os moradores, ao menos três mil pessoas acompanhavam a apresentação. O show do funkeiro foi anunciado como atração surpresa durante a semana.

Após atingir o cantor, a bala atravessou estruturas do palco.

O corpo do funkeiro Daniel Pellegrine, o MC Daleste, foi enterrado às 9h40 do dia 8 de julho de 2013, no Cemitério da Vila Formosa, na Zona Leste de São Paulo.

16 O velório foi acompanhado por muitos fãs, amigos e familiares de Daleste. Em alguns momentos, pôde-se ouvir canções do músico cantadas pelo público que acompanhava o enterro.

O pai do MC Daleste, Roland Pellegrine, disse que estava arrasado com o crime e que o filho foi morto por inveja. Ainda segundo ele, a vítima não tinha inimigos. Ao ser enterrado, os fãs também cantaram músicas de MC Daleste, que foi bastante aplaudido.

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube