Mafalda Veiga

Passos

Mafalda Veiga
Mafalda Veiga 8 visitas

Sigo um azul perdido na distância E um tempo a viajar pra outro lado É tão incerto o gesto, é como a dança De um sopro no vento, abandonado Levo as mão vazias e a vontade A força inteira do mundo a respirar Soltando dentro amarras à deriva Que me abrem braços noutro mar Vou procurar rumos só meus Sem sentir mais nada Só os meus passos a andar Só os meus passos a correr Só os meus passos a atravessar o mundo O sol arde no branco das paredes E o calor vai ficando para trás Já morreu dentro de mim o punho negro De garras que apertavam sem matar Sem medo de navegar enfim a sós Sem medo do que se vê na escuridão Corro atrás das chamas leves e furtivas Sem sentir mais nada Só os meus passos a andar Só os meus passos a correr Só os meus passos a atravessar o mundo Corro atrás de ventos incontidos Sem ver mais ninguém Sem sentir mais nada Só os meus passos a andar Só os meus passos a correr Só os meus passos a atravessar o mundo

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube