Madame Zoraide

Grama Verde

Madame Zoraide
Madame Zoraide 5 visitas

Pintei De Verde a Grama em Dia Claro
De Verde Forte, Falso, Vivo e Raro,
Que Seja a Grama Brutal
Se Eu Quero a Cena Ideal

Na Luz do Dia Não Passei a Tinta,
Que Luz Tão Clara Só Com Sol Se Pinta,
Que Seja o Dia Real
Se Eu Quero a Cena Ideal

Olhando a Cena é Que Eu Me Sinto Vivo,
Deixando o Tempo Abrir o Teu Caminho
Pela Grama Verde Eu Quero Te Ver Passar
Pela Grama Verde Eu Quero Te Ver Passar

Pintei a Grama Pro Teu Passo é Claro
Teu Passo Forte, Falso, Vivo e Raro
Que Seja o Passo Banal
Se Eu Quero a Cena Ideal

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube