Macacos de Bermudas

Só Você

Composição: Élio Fritsch E Charles Hettwer

Gente que passa a vida em branco
Traçando seu destino, de maneira tão normal
Em cada esquina um mendigo que canta, a prostituta que dança
A musica que a vida traz
E as rugas no rosto de quem joga dama na praça
Vejo tudo que passa, do balcão de um bar
Do balcão de um bar

Só você que me faz ficar assim
A noite inteira, de bobeira
Só você que me faz ficar assim
A noite inteira, de bebedeira

Te espero chegar, mas não sei de onde vem
Se bebe conhaque, ou se fuma um também
Se é submisso, ou temperamental
Nada a ver, desde que não faça mal
Que sente na mesa e peça uma dose
E diga baixinho, quero você, quero você

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube