Lô Borges

Açúcar Sugar

Lô Borges
Lô Borges 15 visitas
Composição: Lô Borges / Tom Zé

Para poder açúcar
sugar
por alegria pura

ou qualquer coisa simples
de ver
lançar-me nas alturas

Eu vivo como pétala
ta lá
no íntimo caderno

ou como margarida
que ri da
cara do inverno, um riso terno

Mas imagine o fogo
arranha-céu de males
de ser atraiçoado
com punhais
e com detalhes

Lançado nesse abismo
sorrio descarado
e amando com cinismo
mais a mim que ao ser amado
justamente me deixando enterrado
ela me vê rebrotar
brotar brotar brotar ......

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube