Lauriete

Inocente

Lauriete
Lauriete 192 visitas

Um inocente caminhava
Uma cruz ele arrastava
E de nada reclamava
Uma coroa de espinhos
Colocaram em sua fronte
E o sangue ali jorrava!!!

E no caminho a cruz pesava
E os seus ombros caleijavam
Com o peso ele parou
Depois veio Cirineu
Vendo o sofrimento seu
A cruz ele ergueu

Refrão:
Foi no calvário, que isto aconteceu
Foi no calvário, que por nós Ele sofreu
Foi no calvário, pra perdoar os pecados meus
Foi no calvário, que por nós Ele morreu

Quando chegaram ali, no Golgota
O deitaram sobre a cruz
Suas mãos e pés pregaram
Quando ergueram a cruz pesada
Com o peso do seu corpo,
Sua carne então rasgava

E o povo ali gritava
Salve o Rei dos Judeus
Nesta hora Ele morreu
E o sol escureceu
E a terra então tremeu
Foi pelos pecados meus

Refrão:
Foi no calvário,que isto aconteceu
Foi no calvário,que por nós Ele sofreu
Foi no calvário,pra perdoar os pecados meus
Foi no calvário,que por nós Ele morreu
Que por nós Ele morreu...

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube