Fernando Mendes

Minha Velha

Fernando Mendes
Fernando Mendes 304 visitas
Composição: Edelson Moura

Eu olho,
Os seus cabelos tingidos
São marcas dos anos
Que você viveu

E vejo,
O seu olhar embaçado
Tão triste e cansado
Como se falasse o que já sofreu

Sozinha,
Numa cadeira da sala
Já quase sem fala
Ninguém vem lhe ver

Chorando,
Silenciosa insegura
Com tanta amargura
A saudade dos filhos vem lhe corroer

Toda sua experiência
Vive adormecida
Ninguém quer lhe ouvir
A todo instante o passado
Na velha cadeira vem lhe perseguir

Vejo em você uma santa
Parece criança falando sozinha
São desabafos que voam
E se perdem ao vento
Igual andorinha

Seus braços,
Já ninaram tanta gente
E agora só sentem
O tremor da idade

Minha velha,
Os filhos que lhe esqueceram
Nunca padeceram
E nunca sentiram a dor da saudade

Eu tenho,
Doces lembranças de quando
Você embalou
Minha rede surrada

Velinha,
Hoje esperando seu dia
Bem que merecia
O carinho de quem lhe deixou desprezada

Sei que você sempre sonha
Abrir suas portas
Pro filhos entrarem
Como se fosse um rebanho
Fazendo os seus sonhos se realizarem

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube