Dibob

Prexeca Family

Dibob
Dibob 42 visitas

Oh meu senhor nois ta muito agredecido
Por tudo aquilo que se deu de inventar
Pelo sol que todo dia ilumina, pelo ar que nois respira
E nois nao temo que pagar
Pela lua pelo céu cheio de estrelas

Pelo mar e as sereias que vem sempre visita
Mais so me diz onde o se tava com a cabeça
Que acabou com a moleza e inventou de trabalhar
Mais so me diz onde o se tava com a cabeça

Quando eu acordo la pras 7 da matina
Todo dia essa agonia eu ja começo a reclamar
Levanto puto mal humorado pra caralho
Só por causa do trabalho que nao deixa eu descansar

E no caminho pela praia e céu aberto
Eu vo vendo tudo aquilo e não posso aproveitar
Que nem cachorro vendo frango em padaria
É a mesma coisa todo dia essa agonia é de matar

O tempo passa e continuo trabalhando
Mas também fico pensando que que eu tenho de inventar
Pra que o escritorio vire o buteco da esquina
A praia com as menina e a reunião seja no bar

Então garçom desce mais uma rodada
Que hoje a mulherada ta vindo me entrevistar
Emprego novo melhor do mundo
Viver pra "mulé" e nunca mais se aposentar
Emprego novo melhor do mundo
Viver pra "mulé" e nunca mais se aposentar

Meu meu senhor nois ta muito agredecido
Por tudo aquilo que se deu de inventar
Pelo sol que todo dia ilumina, pelo ar que nois respira
E nois nao tem que pagar
Pela lua pelo céu cheio de estrelas

Pelo mar e as sereias que vem sempre visitar
Mais so me diz onde o se tava com a cabeça
Que acabou com a moleza e inventar de trabalhar
Então agora vou limpar a minha mesa
Vou voltar pra safadeza que aqui não é meu lugar

Se tu vive pro trabalho tu ta morto
Então vive pras mulé que é pra tu ressucitar
Emprego novo melhor velho do mundo
Viver pra "mulé" e nunca mais se aposentar
Emprego novo mais velho do mundo
Viver pra "mulé" e nunca mais se aposentar
Emprego novo melhor velho do mundo
Viver pra "mulé" e nunca mais se aposentar
Emprego novo mais velho do mundo
Viver pra "mulé" e nunca mais se aposentar

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube