Costa Gold

O Prazer Foi Meu

Costa Gold
Costa Gold 532 visitas

Linda morena rosa bela
Vou botar faixa amarela lá na entrada da favela
Com luzes o nome dela
Ipanema ou ilhabela
Quebrada do play dela fechamento, no ramela
Confiança sem da goela
Acredita no que eu falo
E da porrada nas cadelas
Me respeita, nem suspeita, do meu corre pela quebra
Nem liga se o dela quebra
Ou se nega falar de amor

Mas sabe que quando fala demonstra ser professor
Se mostra que curti a mim, eu provo que curto a sua
A gente transa na mesa, na cama ou na rua
Que flua do jeito certo
Eu flerto com tanto com tanto eu
Desperto prazer incerto
Diz perto pra dar calor
Nessas eu

Vou até tarde soma hard, puma izi teiquerize
Toda charme, no alarde, no aguarde
Desce beija, sobe e sabe
Maloqueira a parte do jeito que o dela gosta
Ela mostra sagacidade
Isso não é proposta de todo jeito
De lado, de frente, de costas, gosta de todo jeito
Prive born esta, mas tem dó no final
Like party, love body, essa mina é um turbilhão

Já tive mulheres, tive amores
Todas cidades, diversas cores
Várias idades, vários sabores
Deguste a maldade dessa química
Que me ta deixando sem noção
Já fingi verdades, fingi valores
Tive jantares, entreguei flores
Necessidades, já vivi dores
Cê sabe que essa mina é kamikaze
Que me caso e na cama fica bom

Tem tanta vadia envolvida, nessa ceninha maldita
Penso que é minha menina, minha costa gold é pica memo
Minha vida de rima
Só que sua vida é mentira
Pira no gustavo lima, mas costa gold é zika né!
Seu sorriso tem destino
Pros menino no cérebro paralitico
Ficou perdido, quando cê ramela, é
É todo esquisito sem raciocínio
Pra mim te atacar, vou ter que te socar
Vou ter que te ensinar
Cê vai ter que agüentar só que liricamente

Lírica não mente
Minha mente ciente é quente não vira não
Inteligente é aprender com outra mente
Meus heróis do undergroud se foderam por partilhos
Já chega de me complicar, já chega de querer foder
Já pega tuas malas e nem tenta voltar
Foi foda pra recomeçar, foi foda pra me conhecer
Foi fácil desperdiçar e jogar pro ar
Nunca é a tarde pra se conhecer alguém
Mas ela sabe que é covarde
Com sentimento não se brinca não

Já tive mulheres, tive amores
Todas cidades, diversas cores
Várias idades, vários sabores
Deguste a maldade dessa química
Que me ta deixando sem noção
Já fingi verdades, fingi valores
Tive jantares, entreguei flores
Necessidades, já vivi dores
Cê sabe que essa mina é kamikaze
Que me caso e na cama fica bom

Ela é gostosa demais
Vicia mais que heroína
Entorpece trazendo paz e ainda pega menina
Sensacional
Convida sempre as amigas
Divide sempre sem briga
É claro que o ber não liga... É natural
Somos amantes bandidos
Alucinantes gemidos, música pro meus ouvidos
To no comando, ainda faz o que eu mando
Eu observo, filmando ela e a amiga se amando

Que sintonia um prazer indescritível
Poesia, putaria, classe a em outro nível
Na suíte com requinte, nóis faz beat
É o seguinte vem no beat, just city
Nóis faz free nesse ring
No estilo mania ô
As mina do rock and roll
Na cama elas dão um show
Rebola junto com meu flow, ow

Do bondrok, com ciroc
Festival de woodstock
Eu lambo uma enquanto a outra paga um boque
Me sinto tão bem, um sheik em seu arem
Não quero saber de nada free, nem de ninguém
Só das gatas e seu perfume
Entrelaçadas sem ciúmes
Passa nada de costume, madrugada se acostume

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube