Costa Gold

Dia Após Dia

Costa Gold
Costa Gold 155 visitas

Nog:
Ficava high e free way na high school
Só pra quebrar meu tabu
Belara no bolso de canguru
Tu não sabe o que que tá acontecendo
Do nada chegar no talento
Me tiraram de fora pro centro
Adentro
Vai vendo
Gordito bochechudo e ferés
No stress
Arranjava tempo passa Jackass
Ouvia Nas no talo
Testava paternidade
Perdia madrugada escrevendo minha eternidade
Sabe que a vida não é o que nóis tá pensando
Mano, a vida não é Zezé com Luciano
Repara que tem vários mano sem tempo pra parar
Sentar e rimar
Criança que tem pra cuidar, brinquedo e frauda pra comprar
Divido o fone com os do bando no metrô
Faço tudo que devo e divido meu tempo pra ver meu avô
Alvo! Livrei minha mente de destino trágico
Me adapto, ao vai vem da vida como elástico
No dia em que sai de casa minha mãe me disse
"-Filho, faz seu rap mas não volta com Haxixe"
Vixi, to tipo Papaléguas sem alpiste
Mas Costa gosta ouro e se Costa mosca é vice

Correndo a mais, vai vivendo o day by day
Sei, nem sei, nessas que eu recordo o que eu passei
Querendo mais, vai, querendo vai não vem
Vem, não tem
Várias metas que eu já tracei

Correndo a mais, vai vivendo o day by day
Sei, nem sei, nessas que eu recordo o que eu passei
Querendo mais, vai, querendo vai não vem
Vem, não tem
Várias metas que eu já tracei

Adonai:
Cotidiano fátidico simplesmente acordar
Mas de repente tombado é fácil enxergar
Que não há caminhada e passos como esse aqui
Cada caminho é único, nem adianta me seguir
Talvez siga alguns conselhos, mensagens de alto tom
Mantendo a má viva, lembrando do que é bom
Pois essência e união se encontram em todos os lares
Dos gestos mais simples e nos mais estranhos paladares
Quem tem dois dentes e três cáries, sinal de satisfação
Pois sempre encheu a barriga e esvaziou o pulmão
Sem indignação e arrependimento
Hoje eu sei que a chave do sucesso é viver em day by day

Predella:
Dizem que o tempo já passou
Não sou mais muleque
Do funk pesado eu quero o funk soul
Hoje é o funk dos breque
O kunk dos Black Trunk acabou
Só pensava nos beck
Fuderam a porra toda
Caralho, porra
Diz o que que aconteceu com esses muleques?
Em meio a grana e flerte
Assemelham golden era por tu usar um New Era Cap
Nóis já fazia rap antes de Ret a Cone Crew falar de Beck
Desde os 12 é Mick Check, respeita
Desde os 13 exercendo flow flipado, meu estudo
Sempre tive um motivo mero
Sem ser pilantra, sempre sincero
E é isso que eu quero
Trazer mais respeito e conceito pros bico ta mudo
Que eu já falei de maconha porém essas letra portão conteúdo
Então vem com a minha cara e o din din do seu pai
Que a picadilha é de vilão mas o contato é Paraguai
Certo, pai? Fecha conta, passa a régua, mede e sai
Mal olhado de urubu abençoa e subtrai
Eu sempre corri pela própria família
Pra criar minha irmã sem dar milho
Tinha um foco, motivo na trilha
Isso até o Adonai ter um filho
Meros motivos que eu trago na letra
Da teta Damassa com zero real
Costa Gold é quatro mão antes de rap nacional

Correndo a mais, vai vivendo o day by day
Sei, nem sei, nessas que eu recordo o que eu passei
Querendo mais, vai, querendo vai não vem
Vem, não tem
Várias metas que eu já tracei

Correndo a mais, vai vivendo o day by day
Sei, nem sei, nessas que eu recordo o que eu passei
Querendo mais, vai, querendo vai não vem
Vem, não tem
Várias metas que eu já tracei

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube