Carlos Gonzaga

Ventura Distante

Carlos Gonzaga
Carlos Gonzaga 22 visitas
Composição: Emilio Ayala Boez - Versão de Ariowaldo Pires

Sublime lembrança
Que enfeita a minh'alma
Ventura distante
De tempos atrás
Já sem esperança
Pergunto a mim mesmo
Se a felicidade
Não virá jamais ?

Hoje que uma sombra
De tristeza invade
Minhas noites tristes
Nesta solidão
Suspirando evoco
Dias tão felizes
Aquela alegria do meu coração !

Porém infeliz, instante
Vejo na saudade
Tua boca em flor
Revive a ilusão distante
Da felicidade
Do meu grande amor !

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube