Antônio Marcos

Os Últimos Serão os Últimos

Antônio Marcos
Antônio Marcos 9 visitas
Composição: Beto Surian - Débora Duarte

Hoje acordei
Com vontade bonita
De ser e de amar,
Eu me levanto sorrindo
E convido você pra ganhar,
Você compreende
E me estende a mão,
Beijo sua boca
E carrego então
Seu corpo amado
Em meus braços
E saio pra chuva
E pro mar,
Deito na areia
Com você sereia
E me deixo rodar!
Água caindo,
A cabeça zunindo,
Planetas, o ar,
Você se enconlhe
E eu abraço,
Então treme, suspira,
Mas não diz: "não",
Tudo acontece,
Essa vida obedece,
Eu já posso voar!
Hoje eu lhe digo:
A parada é comigo,
Eu não abro mão!
Hoje atendendo
A pedidos, amigos,
Eu sou leão!
Abra seu peito e sorria
Do medo que você tem,
Tire a mordaça, respire
E abra a boca
Que o grito vem!
Hoje eu parei
Pra pensar
Sobre as coisas
Que a vida me deu,
Sou jogador,
Se eu perder,
Minha amiga,
O culpado sou eu!
Vou com você,
Que tem coração,
O resto é protesto
Me escapa a mão!
Faço o caminho,
Não estou sozinho,
Você me atendeu!
Bom é saber
Que você esta comigo
Na briga e na paz!
Faço você, meu amor,
Meu amor,
É você quem me faz!
Abro meu livro
Nesta lição,
Ponho meu grito
Nesta canção,
Você calado,
Decida seu lado,
Você é capaz!
Hoje eu lhe digo:
A parada é comigo,
Eu não abro mão!
Hoje atendendo
A pedidos, amigos,
Eu sou leão!
Abra seu peito e sorria
Do medo que você tem,
Tire a mordaça, respire
E abra a boca
Que o grito vem!
Bom é saber
Que você esta comigo
Na briga e na paz!
Faço você, meu amor,
Meu amor,
É você quem me faz!
Abro meu livro
Nesta lição,
Ponho meu grito
Nesta canção,
Você calado,
Decida seu lado,
Você é capaz!
Hoje eu lhe digo:
A parada é comigo,
Eu não abro mão!
Hoje atendendo
A pedidos, amigos,
Eu, eu sou leão!
Abra seu peito e sorria
Do medo que você tem,
Tire a mordaça, respire
E abra a boca
Que o grito vem!
Hoje eu lhe digo:
A parada é comigo,
Eu não abro mão!
Hoje atendendo
A pedidos, amigos,
Eu sou leão!

Comentários no Facebook

Vídeo do Youtube